Você está em:

Matérias

 

O desenho de Chaves vem aí

 

É isso mesmo! O desenho animado de Chaves chega ao Brasil em dezembro, no SBT. Mas o Vila do Chaves já adianta curiosidades sobre o lançamento. Como todos sabem, o desenho está sendo exibido no México e em mais 9 países da América Latina. O Brasil ficou por último pois aqui falamos português e por isso os episódios necessitam serem dublados... Este é outro ponto que iremos abordar nesta matéria: a polêmica dublagem do desenho!

 

Uma grande falta sentida nos desenhos é a personagem Chiquinha, que por motivos judiciais com Chespirito (criador das séries Chaves e Chapolin), não participa desta nova série.

 

Até o momento foram exibidos 5 episódios no México e nos outros países. Todas as histórias são baseadas em episódios existentes da série clássica:

 

 

Los globos (Os balões)

O episódio tem história semelhante à "O vendedor de balões", conhecido dos brasileiros. No início do episódio também é possível notar semelhança com "Os balões levam o Chaves", episódio que não é exibido no Brasil.

 

 

Insomnio (Insônia)

Outro remake. O capítulo remete a história de "O belo adormecido", episódio em que Chaves não dormiu à noite e por isso fica caindo pelo pátio.

 

 

Una mosca en el café (Uma mosca no café)

Mais uma adaptação de uma história existente na série clássica. O episódio é idêntico ao "Tem uma mosca no meu café", no qual Chaves destrói o restaurante de Dona Florinda caçando churruminos. A curiosidade do episódio animado é que Seu Madruga participa do mesmo, o que não ocorria na série original.

 

 

Satanás

História parecida com "O cãozinho da Dona Clotilde", onde Satanás foge de sua dona e ela o procura pela vila.

 

Los yeseros (Os gesseiros)

Lembram-se do episódio "As paredes de gesso"? Pois é, a história deste episódio do desenho animado é a mesma. Seu Madruga reboca as paredes da vila com gesso e, é claro, as crianças atrapalham tudo.

 

De todos os atores que participaram da série "Chaves", apenas Florinda Meza (Dona Florinda) pôde participar da dublagem. Os outros atores, por causa da idade ou porque já faleceram, ficaram impossibilitados de emprestarem suas vozes a seus personagens.

 

Já na dublagem em português, antes mesmo de iniciarem as dublagens, já há muita polêmica!

 

Todos os fãs exigem que os dubladores tradicionais, as vozes que conhecemos do SBT, participem também da dublagem do desenho. Porém, a emissora de Sílvio Santos parece desprezar os fãs. Vamos aos fatos:

 

Ao adquirir os direitos de exibição do desenho, o SBT entrou em contato com todos os dubladores vivos dos personagens de Chaves, para que os mesmos participassem da dublagem da série animada. Porém, alguns dubladores como Nelson Machado (Quico) e Martha Volpiani (Dona Florinda) exigem um contrato com o SBT, para que não ocorra o que acontece atualmente com a série clássica de Chaves, exibida há 22 anos pelo SBT sem que os dubladores recebam um centavo ou um sanduíche de presunto por isso. Leia as mensagens dos dubladores abaixo:

 

"Devido a acontecimentos do passado, venho aos amigos informar uma coisa que talvez alguns ainda não saibam. Existe uma série chamada CHAVES que está há 23 anos no ar. Essa série já foi dublada para televisão. Essa mesma série já foi dublada pra DVD.


Está pronta e já foi comprada pelo SBT uma série nova de desenhos com esses personagens.

No momento, alguns dos dubladores estão em negociação por valores mais decentes para a realização do trabalho e por um contrato onde conste um tempo razoável de utilização e não uma autorização para o resto da vida como parece que concedemos até o momento.

Claro, essas pessoas já receberam a simpática informação de que serão substituídas na série por causa disso (após 23 anos).

Como o trabalho foi contratado em um estúdio de uma cidade e será realizado em outro estúdio de outra cidade, acredito que sejam pedidos testes em ambos os locais. Claro, não estou aqui sugerindo que todos os 700 tenham a decência de não participar de testes, não sou tão ingênuo assim.

Mas estou comunicando publicamente para que, após os testes e substituições que sem dúvida serão realizadas, ninguém fique posando de decente ofendido.

Aceito e engulo que alguém não se importe em ganhar a vida puxando tapetes, entendo que alguém ache que seu valor profissional deva ser só aquela horinha e pronto, compreendo que alguém goste de fazer de conta que qualquer luta que não seja feita via sindicatos não deva ser levada em consideração.

MAS QUE NINGUÉM ALEGUE QUE NUNCA TINHA OUVIDO FALAR NA SÉRIE CHAVES E QUE NÃO SABIA QUE JÁ HAVIA DUBLADORES FAZENDO ESSA SÉRIE!

Por favor, me derrubem, quebrem minhas pernas, mas não me chamem de idiota." (Nelson Machado - dublador oficial do Quico)

 

Agora a mensagem de Martha Volpiani:

 

"Sou Marta Volpiani, dubladora da personagem Dona Florinda, além das demais personagens interpretadas pela atriz Florinda Meza do seriado Chaves. O SBT procura novas vozes para substituir algumas vozes originais do seriado dando assim, continuidade ao trabalho agora em desenho animado, alegando que alguns dos dubladores estão indisponíveis, aposentados e outros já morreram. Gostaria de esclarecer os reais motivos desta emissora.

 

Há 22 anos, eu o os demais dubladores deste seriado, dublamos todos os capítulos que são apresentados até hoje no SBT. Atualmente estamos dublando os DVD's "O MELHOR DE CHAVES, CHAPOLIN COLORADO E CHESPIRITO" para a produtora Amazonas Filmes que estão sendo vendidos no mercado brasileiro.

 

Há alguns dias, fui procurada pela Hebert Richers convidando-me para fazer a dublagem dos desenhos em questão e respondi que teria o maior prazer em fazer a dublagem e dar continuidade a esse trabalho agora na versão desenho animado. Em vista do CHAVES estar sendo exibido há 22 anos sem que os dubladores tenham recebido qualquer valor adicional pelos direitos conexos, nessa oportunidade, respondi que gostaria de tratar desse assunto de maneira diversa daquela quando da dublagem do seriado, mas obtive a resposta que não seria possível pois a determinação do Silvio Santos é de que quem não aceitar dublar o desenho pelo valor da hora de dublagem ou seja R$ 60,00 aproximadamente, que fossem substituídos.

 

Dessa forma a notícia que saiu ma mídia "alguns dubladores que deram voz aos personagens, estão impossibilitados de dar continuidade ao trabalho agora na versão desenho animado" é INVERÍDICA, buscando mascarar o real motivo dessas substituições.


Essa situação é injusta e mentirosa, menosprezando um elenco dedicado, reconhecido por fã clube composto por milhares de pessoas e sem nenhuma dúvida, responsável também pelo inegável sucesso dessa série na televisão brasileira." (Marha Volpiani - dubladora oficial da Dona Florinda/Pópis)

 

Lembrando que os seguintes depoimentos foram retirados do Fórum do fã-clube Chespirito-Brasil [www.forumdochaves.com]. Dados os devidos créditos e explicações vamos às explanações:

 

É visível a falta de consideração para com os fãs por parte do SBT. Parece que esta emissora faz de tudo para não transformar o desenho animado em um sucesso tão grande como sua série antecessora. Os dubladores reivindicam nada mais que seus direitos! Há 23 anos atrás estes dubladores não imaginavam que Chaves seria exibido até hoje, e por isso não firmaram um contrato nem nada. Contudo, a situação hoje é diferente. Eles já conhecem com quem estão trabalhando e sabem que se não reclamarem, não vão ver um centavo outra vez, como acontece já desde 1984.

 

Até o momento, estão confirmados apenas dois dubladores originais: Carlos Seidl (Seu Madruga) e Osmiro Campos (Prof. Jirafales). Helena Samara será substituída por Beatriz Loureiro na voz de Dona Clotilde, e Chaves será dublado por Tatá Guarnieri, que atualmente dubla os DVD's da Amazonas Filmes. Os outros dubladores ainda não foram confirmados.

 

Todos os fãs esperam que a situação se resolva o quanto antes. E esperamos também que o SBT se conscientize e não repita o que fez com o "Clube do Chaves", um verdadeiro fracasso com culpa exclusivamente da emissora paulista de Sílvio Santos. 

 

 

Por Felipe Ernesto

 


« voltar